Notícias

Governo orienta sobre distribuição de água potável e a prevenção à Covid-19

07/04/2020 - Ellayne Czuryto/Governo do Tocantins

Tendo em vista a declaração de estado de pandemia por Covid-19, a Vigilância em Saúde Ambiental da Secretaria de Estado da Saúde divulgou algumas orientações que podem auxiliar as Secretarias Municipais de Saúde sobre a distribuição de água potável e a prevenção de riscos à doença.

Os esclarecimentos são baseados nas orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) que publicou vários documentos de orientação técnica sobre tópicos específicos, como prevenção e controle de infecções causadas pelo novo coronavírus.

De acordo com nota técnica divulgada pela  Vigilância Ambiental da SES, “considerando que o tratamento da água em sistemas e soluções impedem que muitos patógenos sejam transmitidos pela água, como o vírus, faz-se necessário o monitoramento do tratamento da água bem como a verificação da cloração/desinfecção das formas de abastecimento, distribuição de hipoclorito de sódio a 2,5% e orientações sobre utilização adequada para correta desinfecção. O novo coronavírus, que causa a Covid-19, é um tipo de vírus particularmente suscetível à desinfecção, e espera-se que o tratamento padrão e os processos desinfetantes sejam eficazes”.

A nota esclarece ainda que “por meio do Ministério da Saúde são recebidos documentos e informações sobre o novo coronavírus em água para consumo humano e efluentes, e estamos encaminhando novamente a Nota Técnica Nº 002/2016 sobre indicador 05 do PQA-VS, que tem como meta 75% de análises obrigatórias realizadas para o residual cloro desinfectante e uma opção de kit de análise de cloro”.

Vigilância Saúde Ambiental

É o conjunto de ações que propiciam o conhecimento e a detecção de mudanças nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interferem na saúde humana, com a finalidade de identificar as medidas de prevenção e controle dos fatores de risco ambientais relacionados às doenças ou a outros agravos à saúde.