Notícias

Governo do Tocantins executa aproximadamente R$ 3 milhões em obras de saneamento em 2020

23/12/2020 - Nielcem Fernandes\Governo do Tocantins

Mesmo diante de todas as dificuldades e dos transtornos causados pela pandemia do novo Coronavírus em todo Estado, o Governo do Tocantins manteve o compromisso de melhorar a qualidade de vida da população tocantinense por meio de obras de infraestrutura realizadas nos municípios durante o ano.

De janeiro a dezembro de 2020, a gestão municipalista do Governador Mauro Carlesse, por meio da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), executou aproximadamente R$ 3 milhões de investimentos em obras de melhoria em saneamento nos 46 municípios concessionários da Agência.

“Seguindo uma determinação do Governador Mauro Carlesse, nós da ATS executamos um estudo técnico detalhado para a elaboração de um plano de enfrentamento ao período de estiagem, com o objetivo de solucionar definitivamente o problema de desabastecimento que vinha ocorrendo de forma pontual em algumas regiões atendidas pela Agência. Devemos ressaltar também que, mesmo com a crise causada pela pandemia, conseguimos reestruturar a agência e investir em obras de melhorias da infraestrutura dos sistemas de abastecimento em todos os 46 municípios concessionários. Outro ponto importante que podemos destacar é o superávit de arrecadação. Mesmo com o impacto negativo da pandemia, desenvolvemos alternativas para flexibilizar a negociação e a quitação dos débitos com os nossos clientes. Podemos dizer que, apesar das dificuldades, o ano de 2020 foi um ano de vitória para a gestão municipalista”, afirmou o presidente da ATS, Davi Goveia Junior.

Obras

As equipes da ATS executaram, apenas neste ano, mais de 21 mil metros de Extensão Rede de Distribuição de Água (RDA), o que representa um investimento de mais de R$ 1,2 milhão. As obras, que em sua maioria são realizadas em parceria com os municípios, viabilizaram a instalação imediata de mais de 1.200 novas ligações. Estas novas ligações contemplaram aproximadamente 5 mil cidadãos que passaram a contar com água tratada de qualidade em suas residências. As novas RDAs têm potencial para atender aproximadamente mais 2 mil novos usuários.

Além das novas RDAs, foram ativados nove Poços Tubulares Profundos (PTPs) e perfurados outros quatro. A ativação destes poços contribuiu para aumentar a capacidade de produção e distribuição de água, resolvendo definitivamente o problema de falta de abastecimento em diversos municípios. Os investimentos realizados nos PTPs ultrapassaram R$ 550 mil.

Zona Rural

Durante o ano de 2020, foram perfurados sete PTPs nas Zonas Rurais dos municípios de Aragominas, Pau D´Arco, Sampaio e Taipas que atenderão a demanda de mais de 360 famílias. A ativação dos poços é feita em parceria com a gestão municipal.

Outra melhoria significativa executada pela Agência foi o serviço de manutenção preventivo-corretiva nos sistemas de coleta, tratamento e distribuição de água. Após ouvir a demanda da população, as Diretorias de Produção e de Obras da Agência efetuaram um diagnóstico em todo o sistema no sentido de identificar e corrigir possíveis falhas. Essas melhorias, que contemplam a substituição de bombas, quadros de comando, substituição de sistemas de tratamento de água, reparos nos reservatórios, urbanização e limpeza das áreas de responsabilidade da Agência, têm como objetivo a padronização da qualidade do produto fornecido à população, buscando sempre excelência nos procedimentos de tratamento e controle de qualidade. Tais benfeitorias na infraestrutura dos sistemas foram executadas em todas as 46 cidades atendidas pela Agência, totalizando um investimento da ordem de R$ 850 mil.

Esgotamento Sanitário

O processo de contratação da empresa para a instalação do Sistema de Esgotamento Sanitário nos municípios atendidos pela Agência, está em fase final de licitação. Inicialmente, serão contemplados os municípios de Aurora do Tocantins, Bandeirantes de Tocantins, Luzinópolis, Pugmil, Rio dos Bois, Piraquê, Sandolândia, Sucupira, Santa Terezinha do Tocantins e São Bento do Tocantins. Os sistemas contarão com coleta, tratamento e descarte de efluentes devidamente tratados. O investimento estimado é de R$ 40 milhões. Essas obras atendem às diretrizes estabelecidas no Novo Marco do Saneamento, que prevê a universalização do saneamento até 2033.

“É um grande privilégio participar de uma gestão que tem mudado para melhor a vida da população. O governador Mauro Carlesse tem dado todo apoio na execução de várias obras por meio da ATS. Nosso trabalho é proporcionar que cada vez mais tocantinenses tenham acesso à água tratada de qualidade. Encerramos o ano de 2020, mesmo com todas turbulências, com a sensação de dever cumprido. Esse foi um ano de grandes vitórias para a ATS”, declarou o diretor de Produção, Marcos Antônio da Silva.

Mais Investimentos

Estão em andamento as tratativas relativas aos convênios com o Ministério de Desenvolvimento Regional, em Brasília, para a aquisição de três comboios de perfuratrizes. O valor estimado destes convênios é de mais de R$ 6 milhões.

A Diretoria de Obras da ATS já pleiteou, à Fundação Nacional de Saúde (Funasa), recursos na ordem de R$ 4,1 milhões para a instalação de 25 Sistemas Coletivos de Abastecimento nas Zonas Rurais dos municípios de Aragominas, Crixás, Lajeado, Monte do Carmo, Riachinho, Sampaio, São Salvador e Tocantínia.

Pepe

A maioria dos investimentos realizados no ano de 2020 fazem parte do Programa de Enfrentamento ao Período de Estiagem (Pepe). O Pepe foi desenvolvido por determinação do governador Mauro Carlesse, como medida para sanar definitivamente o problema do desabastecimento que atinge a população tocantinense, especialmente na época da seca.

O plano foi elaborado após a execução de um detalhado estudo técnico, embasado no Programa Monitor de Secas, desenvolvido pela Agência Nacional de Águas (ANA), que é um processo de acompanhamento regular da situação do período de estiagem e dos impactos causados à população do estado.

Por meio do Pepe, foi possível realizar e executar um planejamento de investimentos pontuais para aumentar a capacidade de produção e fornecimento de água nas regiões mais afetadas em todo Tocantins.

Arrecadação

Mesmo com o impacto negativo causado pela pandemia no primeiro semestre, a ATS fechou o ano de 2020 com superávit na arrecadação. Entre os principais fatores que possibilitaram o saldo positivo estão a política de contenção de gastos implementada pela atual gestão que incluem a redução da folha de pagamento, modernização dos sistemas de abastecimento, a renegociação de débitos de gestões anteriores e o parcelamento de débitos com os clientes.

Comercial

Ciente de que boa parte dos consumidores atendidos pela Agência foi afetada financeiramente devido à recessão provocada pela pandemia, a atual gestão, por meio do Gerência Comercial, flexibilizou a negociação dos débitos e disponibilizou o parcelamento das dívidas em até 12 vezes sem a incidência de juros ou multas para todos os clientes que têm uma ou mais contas vencidas. Essa medida, além de contribuir para que os consumidores regularizassem sua situação, evitou que milhares de tocantinenses tivessem o fornecimento de água suspenso devido à inadimplência.

Com o objetivo de preservar a saúde da população e ao mesmo tempo atender as normas de distanciamento social, sem deixar que os clientes da agência fossem prontamente atendidos, a ATS aprimorou o funcionamento da central de atendimentos multimeios.

De janeiro a dezembro de 2020, foram registrados mais de 80 mil atendimentos pelos canais virtuais por meio do Ligue Água 0800 6464 195, pelo WhatsApp (63) 99202 6005 ou pelo Chat On-line (www.agenciavirtual.ats.to.gov.br ).

“É uma honra poder contribuir com uma gestão que está melhorando a vida de milhares de pessoas por meio do saneamento público. Com seriedade e foco no bem-estar da população tocantinense, conseguimos com muita dedicação superar todos os obstáculos e transformar o ano de 2020 em um ano de vitórias. Nós, da gerência comercial, trabalhamos no sentido de desenvolver ações em benefício dos nossos clientes como a melhoria do atendimento e a flexibilização, a negociação e o parcelamento de débitos, nesse período de pandemia”, destaca o gerente comercial da ATS, Bruno Queiroz.