Notícias

Agência de Saneamento irá perfurar poço em Divinópolis

23/08/2017 - Ascom ATS/Governo do Tocantins

Em reunião, realizada na sede da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), nessa terça-feira, 22, o diretor de produção da pasta, Arlindo Lopes, recebeu o prefeito, vice-prefeito e vereadores de Divinópolis, que sofre com déficit no abastecimento devido à estiagem que atinge o Estado. No município, a captação era feita no córrego Pau Ferrado, porém, devido ao longo período sem chuvas, a fonte de água secou. No momento, o município é abastecido pelo córrego Caiapó que não produz água suficiente para atender a demanda populacional.

Além disso, a Agência de Saneamento suspeita que, em Divinópolis, a extração de minério e o desmatamento nas margens e nascentes dos afluentes e córregos que abastecem a cidade, podem ser um agravante para a crise hídrica na região. Sobre isso, a ATS já registrou oficialmente uma denúncia nos órgãos de fiscalização ambiental.

Abastecimento

A fim de solucionar de vez os problemas no município, dentro de dez dias será perfurado um novo poço artesiano.

Até que o Poço Tubular Profundo (PTP) comece a ser utilizado, quatro caminhões-pipa vão ajudar a abastecer a Estação de Tratamento de Água (ETA). Os caminhões também irão distribuir água tratada à população.

Para o prefeito Florisvane Maurício da Glória, conhecido popularmente como padre Florisvane, a reunião trouxe resultados positivos, pois agora ele pode prestar esclarecimentos à população que sofre com o desabastecimento. "Essa reunião foi muito importante, agora eu posso dar satisfação à população que cobra tanto uma solução para o problema” pontuou.

De acordo com o vereador Rivaldo Barbosa Souza, presidente da Câmara de Vereadores de Divinópolis, a reunião foi bastante proveitosa, principalmente para os moradores do município. “Saio daqui contente e satisfeito em saber que a ATS, assim como nós, também está preocupada em resolver o problema da população”, afirmou.

Além disso, para este ano e 2018, já estão sendo investidos R$ 15 milhões na perfuração de poços e aquisição de 80 novos reservatórios, investimento de R$ 6 milhões. E mais R$ 6 milhões para manutenção dos poços, benefício a todos os municípios atendidos.

Compartilhe esta notícia